segunda-feira, 20 de junho de 2011

Enterrado Vivo

O engraçado de assistir Enterrado Vivo é que todas as pessoas vão assistir esperando menos do que encontram, é difícil encontrar roteiro e técnica consideravelmente bons em filmes do gênero. E atuação boa, é claro, Ryan Reynolds (A Proposta, Apenas Amigos) cumpre bem esse papel. Filme recomendadíssimo.Paul Conroy (Reynolds) é motorista de caminhão de uma empresa e trabalha no Iraque quando seu grupo é atacado por terroristas. Ele acorda em um caixão e precisa conseguir 5 milhões de dólares para não morrer.
A sinopse é simples, mas aí entra a questão técnica já citada. O longa inteiro acontece dentro do caixão. Inteiro mesmo, não tem algumas cenas antes do sequestro e nem flashbacks, tudo é lá e você se sente lá, te tira o fôlego. O único contato com o exterior se dá pela tela do celular que Paul tem a sua disposição no caixão, só que parece que esse contato te prende mais, você se sente trancado ali e sente mal.
A parte do roteiro se destaca pela crítica em relação aos modelos de ação das empresas e das pessoas, em relação ao comportamento "dos EUA", pode ser forçado para alguns, mas são fatos absurdamente verossímeis.Pra quem gosta de um bom suspense, um filme bem feito, um bom roteiro ou tudo isso junto, Enterrado Vivo fica de dica.

2 comentários:

Andy A. disse...

Ainda não ví , mas acredito que pela trama deve ser um filme bem tenso , bem do tipo que gosto , já est´na minha lista .

http://andyantunes.blogspot.com/

Morganna .S. Gumes disse...

Eu fiquei sem ar quando o filme terminou, ainda mais porque o final vai te deixando mais tenso e depois você relaxa pra ficar super tenso.